Bruno

5 de janeiro de 2009

Show de bola. Mudei minha forma de ver a vida, religião, astrologia e os carái.

Tô besta.

Rafael

5 de janeiro de 2009

Legal mesmo, faz sentido. Mas com certeza você vai para o inferno por ter escrito esse texto. 😉

Daniel Bastos

5 de janeiro de 2009

Assista Zeitgeist Addendum. Fica pior.

Djools

5 de janeiro de 2009

Bah! muitoteadimiro.
Boa Sacada!

luiz

5 de janeiro de 2009

seu corpo faz isso sendo o hospedeiro do alimento. faz a mesma coisa desde sempre.

Daniel Lima

5 de janeiro de 2009

-q

chico barney

5 de janeiro de 2009

vai se fuder, texto sério do caralho… fdp

Cintia

5 de janeiro de 2009

Eu não dormi direito por causa dessa coisa toda. Mas continuo dizendo que o mais terrível do zeitgeistné saber que estamos condenados a ser escravos através de um chip.

Minha primeira teoria : deus

5 de janeiro de 2009

[…] Leia mais deste post no blog de origem: Clique aqui e prestigie o autor […]

TonhaoSemAcento

5 de janeiro de 2009

Pelo jeito a sexta passada foi ao estilo antigo: “dia de tomá uma bera e fuma unzito”

Super Wallace

5 de janeiro de 2009

Eu quando vi o documentário fiquei besta. É isso ai.

Mané Gainha

6 de janeiro de 2009

Puta que pariu, moskito!
Minha vida nunca mais será a mesma!

Quanta asneira, muleque!!!

L.

6 de janeiro de 2009

Caralho. Fiquei maluca!

Vanessa

7 de janeiro de 2009

O Calendário Maia divide o ano em 13 meses, contando pelos ciclos lunares.

moskito

7 de janeiro de 2009

OLHAÍ!!!! Sensacional. /

Vitor

12 de janeiro de 2009

Seria mais fácil se os dias tivessem cem horas, de cem minutos, de cem segundos. Não sei quem foi a anta que inventou esse treco de 24 horas, 60 minutos, 60 segundos. Só para complicar as contas!

Carol

12 de janeiro de 2009

É…
Pode ser que inferno seja só um estado de espírito tmb! hehehe
Têm dias que acordamos com o “cão no couro”.

=)

Sophia

14 de janeiro de 2009

Amém!
x]

Carol

14 de janeiro de 2009

É pra acreditar?

Állan

15 de janeiro de 2009

Teoria fodástica!

Mto bom mesmo!

Diego Camara

15 de janeiro de 2009

Vou pegar meu mapa astrológico para confirmar esta teoria… já volto…

Budoo

15 de janeiro de 2009

Avisa pro pessoal que tem o Zeitgeist inteiro legendade em português no google videos o

Bonomi

15 de janeiro de 2009

Não é bem uma teoria… é uma tese (a meu ver)

365 dias e 6 horas, esse é o tempo que a terra leva para dar a volta em torno do sol (Translação), seguindo essa linha de raciocionio sua na qual o ano teria 264 dias ainda ficariamos com 1 dia e 6 horas em haver, o que nos levaria a ter que adicionar 5 dias a cada quatro anos no nosso calendario.

OU seja, legal saber sobre a 13° constelação, só não tem por que mudar algo que hoje está tão certo (e comodo).

Bonomi

15 de janeiro de 2009

364 dias****

Luis

15 de janeiro de 2009

O calendário dos maias já era dessa forma: 13 meses, cada mes de 28 dias que representava as fases da Lua. Usavam esse calendário de forma a ajudá-los na agricultura e outras formas de produçao.

Vinícius

15 de janeiro de 2009

bem, já existe uma teoria assim, baseada no calendário maia. a proposta é bem essa, 13 meses de 28 dias e um dia perdido(o ano tem 365 dias), que o cara chamaria de “dia da paz”, porque segundo ele, muitas das mazelas do mundo é causada por esse calendário esquisito que usamos(vai saber por quê…). nesse dia também seria descontada as horas que sobra, pra não precisar ter ano bissexto.

aliás, na sua teoria também faltou o 365º dia. vai fazer que nem o cara e fazer esse dia perdido nos meses?

Pasquale

18 de janeiro de 2009

Cheguei do Haznos, não entendi nada do post e vim aqui falar merda.

Nome:
E-mail (obrigatório, não vai aparecer):
URL:
Comentário: