eudeverdade®

12 de dezembro de 2008

Caramba, eu nasci com o popô virado pra Lua.. só pode ser!

É a segunda vez que entro aqui só nessa semana e ninguém comentou ainda!!!

Mas acho que cometi um equívoco no meu último comment.. O barbudo aqui de cima não é o Eça.. Na verdade, mais parece o Machado de Assis! Enfim.

moskito

13 de dezembro de 2008

é o Machadinho.

eudeverdade®

13 de dezembro de 2008

Então é o Machadinho!
Eu já desconfiava mesmo..

TonhaoSemAcento

14 de dezembro de 2008

Como já dizia o Bush: A interwebs é má!!

Guilherme

16 de dezembro de 2008

Pensei muitas em vezes em como seria entrar na internet.
Todos falam dela, mas ninguém que eu conheço jamais entrou lá.

Rafael

20 de dezembro de 2008

o que esta acontecendo com os blogs atualmente?
Fico 3 anos impossibilitado de utilizar um computador e quando volto vejo td falindo…

Enxaqueca

21 de dezembro de 2008

… usaria a arma pra outra coisa…
… deve ser por isso que os comentários anônimos falando mal sumiram do meu blog… porque você sabe, né mesmo… Ninguém é (ou fica por muito tempo) anônimo na internet…

Brincadeirinha.
Mas que há que existir um meio-termo, isso há.

Emanuel

22 de dezembro de 2008

A mina é feia e a piada é fraca.

Guil

26 de dezembro de 2008

Que isso rapaz, a “mina” é a mulé do cara.

Muito boa a campanha. Por que não começou antes meu Deus? Agora já é tarde demais. Estou nessa de internet e não consigo largar…

Carol

28 de dezembro de 2008

Mó pegável a mina…broto.

Eu apóio a campanha.

moskito

30 de dezembro de 2008

A mãe do Emanuel que é gata pra caralho. Tá todo dia aqui em casa.

Erick

1 de janeiro de 2009

Comecei em meados de 1999, usando um tal de napster. Passava madrugadas naquele programa, conheci uma menina por ele…mas não durou muito, ela queria algo fisico. Depois disso fui ficando cada vez mais viciado. Mirc, ICQ…mas preferi parar de perder tempo com bate papo..meu negócio era navegar…sempre encontrando algo interessante e talvez fosse a conexão discada, mas meu tempo rendia na internet o conteúdo parecia mais rico, hoje tenho banda larga e sim existe conteúdo saindo para fora dessa tal internet, mas quase nada que preste inclusive o meu próprio…Passei por quase todas as fases da internet até então. Quando vi o rumo que minha vida tomava até tentei voltar a ter uma vida social, mas já não tinha mais jeito. A internet me consumiu aos poucos e virei dependente.

Boa Noite, meu nome é Erick e sou viciado em internet.

Nome:
E-mail (obrigatório, não vai aparecer):
URL:
Comentário: