tina oiticica harris

26 de junho de 2008

Muito bom, muito bem. Bati meu ponto lá nas Garotas que Dizem Ni. Parabéns pelo depoimento sen-sa-cio-nal. Até!

Bruno

26 de junho de 2008

Eu li o texto, ficou muito bom. Deu várias gargalhadas. Trabalhar seis anos sem nada receber seria muito foda…hahahhahha

névoa

27 de junho de 2008

O texto prima pelo bom-gosto; ouso classificá-lo o alexandre frota do revival romance web 1.0

Thomas – Papo de Bar

27 de junho de 2008

você ta vivo ainda?

huahuahauah

moskito

27 de junho de 2008

Sim, comendo teu pai. ¬¬

Layana

27 de junho de 2008

yeah! cheguei até aqui pelo blog das garotas =)
ótimos textos!

Nando Viana

27 de junho de 2008

Acho que já comi essa Bernardete. Mas sobre isso eu falo no próximo comentário.

Neo

1 de julho de 2008

Moskito é a mãe do cara, já que come o pai dele. Vou lá ler o texto.

Cherry oh

5 de julho de 2008

adorei seus textos
^^

Picolino

8 de julho de 2008

Para falta de criatividade, fume unzito nas sextas de alegria.

Ricardo

13 de julho de 2008

A proposito ” Um delirio de fail” deveria ser usado com o adjetivo em ingles, failure, mesmo para se referir a um “delirio de fracasso”. Melhor mesmo e usar portugues, que vc usa tao bem.

MENTALIDADE

1 de agosto de 2008

Sua poesia está legal!

Nome:
E-mail (obrigatório, não vai aparecer):
URL:
Comentário: