¿dequejeito?

Pobre surdo-mudo

Postado em 16 de maio de 2007

Ontem eu estava dando uma banda no centro daqui da minha cidade, quando que uma cena me chamou a atenção. Quatro surdos-mudos, que batiam boca numa discussão ferrenha, vinham em minha direção.

Parei e fiquei observando os quatro indivíduos. Dois deles permaneciam “calados” enquanto que os outros dois gesticulavam agressivamente um contra o outro. Teve até um momento em que um dos surdos-mudos se virou de costas para o outro cara, para não ver os gestos que este fazia. O outro ficou muito puto e começou a gesticular uns sinais estranhões que, creio eu, significavam “Olha pra mim enquanto eu to falando”.

gestos

Bom, os caras estavam gesticulando loucamente um para o outro, com os nervos a mil, enquanto caminhavam em direção de um carro (que estava com a porta amassada). Então os caras chegaram nesse carro discutindo e entraram nele, ainda discutindo.Só que um dos caras ficou pra fora do carro. E ele batia na porta e ninguém lá dentro “dava ouvidos” para ele, pois além de surdos também estavam brigando por gestos. Então o surdo-mudo motorista deu a partida e arrancou com o carro. E o surdo-mudo que ficou do lado de fora começou a correr atrás e gritar (daquele jeito que os mudos gritam), mas infelizmente os surdos-mudos que estavam dentro do carro não ouviram os gritos de desespero e foram embora, deixando para atrás o companheiro.

Pobre surdo-mudo. =(

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.