¿dequejeito?

Aviso aos navegantes

Postado em 27 de julho de 2007

Seguem alguns avisos que, separados, não mereciam um post, mas assim, tudo junto, e com vírgulas bem empregadas, até parecem uma coisa bonita e super legal.

– Estou participando da Confraria dos Blogueiros Suspeitos, junto com grandes escritores de blog (hahaha “escritores de blog” me mijo rindo) deste brasilzão. Minha história, que ainda não foi publicada, tem a ver com o meu livro, então que fiquem ligadinhos os desacreditados.

– Ah, e não poderia deixar de informar que nosso amigo famoso DOSCHT fez um videolog, onde ele conta fatos da sua vida de rapper branco e malvado. Mais branco do que malvado, lógico.

– Apropósito, porque as pessoas na TV, quando se referem ao Rio Grande do Sul, insistem em usar um sotaque ridiculo junto com expressões como “bah” ou “tchê”? Isso dá uma puta vergonha alheia, parece coisa de retardado. Eu por acaso assalto alguém quando falo do Rio de Janeiro? Não, né. Então.

Acabou de novo

Postado em 24 de julho de 2007

Pra ver que o hype da tragédia em Congonhas já é coisa do verão passado e as coisas voltaram a não ter mais tanta graça. Me retiro novamente para mais uma temporada de férias deste blog, mas assim que uma nova tragédia ocorrer, eu volto, cheio de piadas preconceituosas e o humor peculiar que me fez baixamente famoso.

Aviso os desavisados que na sexta estarei em Porto Alegre autografando meu livro. Para saber o local, basta entrar no site oficial da coisa, o qual eu não vou dizer aqui o link, mas quem me conhece sabe onde achar. Até mais.

Vídeo exclusivo sobre o acontecido

Postado em 20 de julho de 2007

Pessoal da Badalhoca retratou com fidelidade todo a emoção do dia seguinte à tragédia do dia 17 de julho.

Agradeço a estes rapazes pela oportunidade que me deram de aparecer como “roterista” nos créditos, mas gostaria de enfatizar que não existe um roteiro numa ocasião como esta, onde o acaso é o protagonista.

httpv://www.youtube.com/watch?v=s7Ey3XKhLPQ

Que Deus seja teu consolo.

O Juramento do Repórter

Postado em

Quando eu trabalhar na Record. Quando um avião se espatifar contra um prédio da TAM. Quando todos os passageiros morrerem. Quando um parente for no IML para reconhecer o corpo e levar consigo uma radiografia da vítima. Eu prometo jamais perguntar:

Essa radiografia é para reconhecer o corpo?
Não, meu amigo. Essa radiografia é pra recortar e fazer um stencil-art aí no muro, tá ligado mano? É nóis. PAZ.

O dia seguinte à tragédia

Postado em 18 de julho de 2007

Bom, eu acordei supercedo e fui ao mercado comprar cenouras. Minha mãe, que está viva, me disse que é bom dar cenoura para o cachorro. Acho que ela viu na TV que, além de vitamina, a cenoura limpa os dentes dos cães. Então eu comprei uma cenoura e dei pro meu cachorro. Ele enterrou a porcaria e se fez de desentendido. Safado.

Humor negro explosivo

Postado em

moskito diz:
Tu não tem nenhum parente no avião que pegou fogo?

Chini diz:
Ahahahahahahaha
Melhor puxada de assunto da história.

moskito diz:
Tipo, ainda bem que essa porra explodiu. Eu não aguentava mais ver aquele negão que ganhou ouro no karatê aparecendo na Globo.



Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.