¿dequejeito?

Pura malícia no corpo suado

Postado em 20 de março de 2006

Eu tava lembrando dos tempos de escola. Eu era, talvez, o único cabaço da turma mas nem ligava para este fato. Estava eu mais preocupado o maldito piano do Silent Hill (PlayStation) que eu não conseguia tocar direito pra passar de fase.

Certo domingo eu tava na minha casa e tocou o telefone. Era a Amanda, uma menina da minha turma, conhecida mundialmente por ser a aluna de Ensino Médio mais gata de todo o sistema solar.

— Oi, gabriel.
— Oi.
— Então, eu tava pensando…
— Sim.
— Você não quer vir aqui em casa hoje?
— Hoje?
— É. Meus pais tão viajando…

Eu, muito do inocente, não saquei a malícia da garota e continuei a conversa normalmente, como se ela estivesse me convidando pra ver Tv na casa dela e quem sabe, no máximo, se balançar numa rede o resto da tarde.

— Então, o que você acha de vir aqui pra gente…
— Não dá.
— Hã?
— Não dá, hoje eu vou jogar bola aqui no campinho.
— Como?
— É. Já marquei com os meus vizinhos. Hoje tem jogo.

E continuei virgem até o segundo ano da faculdade.

  • Comentários desativados em Pura malícia no corpo suado

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.