¿dequejeito?

Discussões sobre o mesmo tema

Postado em 15 de fevereiro de 2006

— Alô?
— Alô, quem é?
— É Maria.
— Dona Maria. Eu to aqui com um parente seu.
— E…?
— Houve um acidente…
— Ai meu Deus… É o Agustinho?
— Sim é ele.
— Ai meu Deus. O que houve com o Agustinho?
— Seguinte, dona. Seu flho tá com nóis e a gente vai matar ele.
— Ai meu deus.
— A senhora vai ter que nos pagar aí uma quantia.
— Mas…
— Senão a gente vai matar o Agustinho.
— Eu não estou entendo, meus Deus.
— Dona Maria. Isso é um sequestro, porra.
— Mas eu não entendo.
— O Agustinho vai morrer se a senhora não fazer um depósito…
— Mas eu não conheço nenhum Agustinho.
— Como não, cacete. É o seu filho, não?
— Não…
— Como não?
— Aqui é um sorveteria.
— Sorveteria?
— Sim, sorveteria.
— Hum… Tem de creme?

  • Comentários desativados em Discussões sobre o mesmo tema

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.