¿dequejeito?

Aos poucos e além.

Postado em 10 de fevereiro de 2006

Nada melhor do que sumir do ambiente virtual por alguns meses. As coisas melhoraram muito. As pessoas parecem esquecer de tudo e, agora, quando entro online no MSN tem gente que pergunta “Qual era aquele teu blog mesmo?”. E hoje mesmo uma menina surgiu no MSN dizendo ter adorado minha entrevista pro O Globo. Eu pensei por alguns instantes, e lembrei que, ao menos que eu tivesse consumido benzina, eu nunca dei nenhuma entrevista pro O Globo.

Mas voltando ao assunto sobre publicitários.
Recebi um e-mail protegendo a campanha publicitária da Skol. De acordo com o remetente: “A campanha é muito bem bolada, e aqui na minha cidade a galerinha se cumprimenta com abraços igual ao do comercial.” Já viram o comercial da Skol do abraço na bunda? Consegue ser pior que o dos tubarões. E aí que eu me pergunto o que aconteceu com o cérebro dos publicitários.

O principal mote da campanha da Skol é o tal REDONDO. Pois aí está feita a publicidade. Tem que ser meio burro pra não conseguir fazer a ligação de redondo com um único personagem histórico responsável por uma parte da redondisse do planeta: Cristovão Colombo.

Era só colocar um narrador dizendo que: “Antigamente o planeta era um lugar chato e as pessoas não bebiam Skol. Até que surgiu um homem e mudou toda a história”. Nisso aparece um ator com rostinho engraçado, vestido de Colombo, cheio de mulher gostosa do lado (as mulheres é pra atender o público punheta da cerveja), mostrando um desenho do planeta redondo, enquanto faz o sinal “redondo” com a mão. Um ator vestido de rei e com a cara brava olha para Cristovão Colombo e faz um sinal de negação. O narrador continua: “Infelizmente, naquela época as pessoas eram quadradas e não estavam prontas para certas teorias geocentricas”. Aparece Colombo sendo preso pelos guardas. O narrador retorna: “Mas hoje em dia temos a Skol, que desce redondo”. Aparece as gostosas tomando Skol na praia. E o narrador finaliza: “Não seja quadrado. beba Skol”

Lógico que não se deve atribuir a redondeza do planeta à Colombo. Antes dele vieram Copérnico, Galileo e Eratosthenes. E isso nos faz ter, no mínimo, mais quatro comercias inteiramente prontos.

  • Comentários desativados em Aos poucos e além.

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.