¿dequejeito?

Um encontro com Andre Dahmer Ilustrador

Postado em 17 de março de 2005

O telefone toca.

— Ô moskito.
— Opa, Andre Dahmer Ilustrador.
— Aparece aqui em casa hoje a noite.
— Demorou. Qual endereço?
— É na rua XXXXXXXXX XXXX XXXX, XX
— Em que bairro fica isso?
— São Conrado.

À noite, na casa de Andre Dahmer Ilustrador.

— Aí, moskito. Que bom que você veio.
— Grande Andre Dahmer Ilustrador.
— Entra aí, vou ligar um som pra nós curtir.
— Legal.
— Hã…
— (…)
— Hum…
— Que foi, Andre Dahmer Ilustrador?
— Porra, liga o som você que eu não sei como faz.
— Ué.. Não sabe?
— Liga aí. Enquanto isso eu pego uma cervejinha pra nós.

Ele vai até a metade do caminho, desiste e da meia volta.

— Opa. A cozinha fica pro outro lado.

Ele entra na cozinha e fica no escuro.

— Liga a luz aí, Andre Dahmer Ilustrador.
— To tentando achar o interruptor.
— Mas…
— Achei.

As luzes se ligam.

— Então. Quer comer alguma coisa também?
— Ah, nem esquenta com…
— Perae que eu vou ali no quarto de criança buscar uns chocolates.

Vai até um quarto e volta com o ovo de páscoa.

— Pega aí, moskito.
— Você tem filhos, cara?
— Não, não… Essa casa não é…

Um barulho no portão da casa. E Andre Dahmer Ilustrador, que até a pouco era negão, fica branco de susto.

— QUE BARULHO FOI ESSE?
— Ah. Tem um carro ali na frente.
— CARRO? QUE CARRO?
— Uma BMW, cara.
— PUTA MERDA. FOGE MOSKITO. FOGE.
— Hein?
— OS DONOS DA CASA, PORRAAAAAAA.

  • Comentários desativados em Um encontro com Andre Dahmer Ilustrador

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.