¿dequejeito?

Requintes de Malhação

Postado em 26 de janeiro de 2005

Quem é mais ligado nas aventuras da televisão brasileira, já deve estar a par de tudo o que rola na novelinha mais amada pelos jovens tupiniquins: A Malhação.

Novo roteiro, novos personagens, novas atrizes gostosinhas com direito até à uma Mini Cicarelli Mirim da Estrela, que num futuro próximo se casará com o personagem do Chico Barney na trama.

Pra variar os roteiristas estão ficando muito tempo em casa e acho que até estão faltando a reunião semanal no Projac. Qual o assunto da vez? Sim, mi comancheros. Estão falando novamente sobre gravidez na adolescência.

Já falaram sobre meninas grávidas quantas vezes? Umas vinte..
Desse jeito, em pouco tempo, nenhuma jovem no Brasil vai querer ter filhos. Muito menos vão querer dar uminha mais caliente, com medo de ficarem grávidas. É a industria do medo destruindo a vida dos comedores brasileiros.


Cicarelli Mirim lendo a revista Hebe

Mas nem tudo é tristeza, meu povo. Os autores mandaram bem ao colocar, meio a trama, um personagem gordo, a fim de tratar da obesidade morbida na juventude. Outro personagem legal é do Marley, o maconheiro da galera.

Os autores quiseram deixar o personagem Marley com cara de mané, que anda sempre desligado do mundo, não estuda direito, e só se da mal com as gatinhas. Tudo por causa da maconha. Só que se deram mal, pois o cara é maior estiloso e carismático bagaraleo. Assim a juventude telespectadora nacional vai se amarrar numa erva rapidinho. Sem foder, lógico, com medo da gravidez.

Se não bastasse somente controlar a mente dos nossos jovens, os autores ainda escalam o pior elenco que eu já vi na história da novelinha. Até a Debbye tá na parada. Negada manda muito mal mesmo. Cade nosso atores de verdade?

Por mim Malhação poderia virar um seriado somente com três personagens:

Marley, o maconheiro estiloso
Julião, o gordão carismático
Cabeção, que não precisa de apresentações

E os roteiristas poderiam começar a falar de problemas e assuntos verdadeiramente reais, que fossem comum entre os jovens brasileiros. Seria lindo ver os caras metidos em tramas de verdade, tais como: discussões pra ver quem vai pegar o baseado na esquina, ou a preocupação pra não deixar o cheiro do baseado na roupa. Quem sabe também uma briga dos três personagens por uma gatinha (pode ser a Cicarelli Mirim, se ela aprender a atuar), que acaba dando pra todo mundo em troca de erva.
Seria lindo.

  • Comentários desativados em Requintes de Malhação

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.