¿dequejeito?

Drogas, madeirinhas e tintas vermelhas

Postado em 31 de maio de 2005

Hoje cheguei do trabalho mais cedo e encontrei a minha mãe, no pátio da minha casa, pintando um pedaço de madeira de vermelho. Achei estranho, mas optei por não interromper ela.

Passado uns minutos eu não resisti e fui até o pátio. Ela ainda estava lá pintando, com todo o cuidado, o pequeno pedaço de madeira. Decidi tirar a dúvida.

— Manhê, o que cê tá fazendo?
— Oi. Eu to pintando essa madeirinha.
— Tá, mas qual a finalidade?
— Não tem finalidade.
— Não?
— Não. Tava sobrando tinta e achei esse pedaço de madeira. Então pintei a madeira de vermelho. Não tinha mais o que fazer mesmo.

  • Comentários desativados em Drogas, madeirinhas e tintas vermelhas

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.