¿dequejeito?

Resuminho Resumado

Postado em 31 de outubro de 2005

Tentarei ser breve sobre os últimos acontecimentos, pois to ainda resolvendo uns problemas que ocorreram neste final de semana muito louco de verão.

– A terceira sessão do meu tratamento de canal foi adiada para o dia 14 de novembro pois a Dra. Ingrid disse que o fornecedor do material da 3M nõ veio ainda e ela não tem como fechr meu dente, Até lá fico apodrecendo por dentro.

– Tocamos no Sllopy Joe’s e o show foi lindo, da frente do palco em diante. Por que de trás foi fodedor de ruim. Os retornos não funcionavam direito e uns malacos invadiram o camarim e levaram 60 reais mais o meu celular: um Motorola E 398 de R$ 900,00.

– Agora tenho umas coisas a fazer mas vou falar bem mais amplamente sobre tudo que aconteceu no show logo mais aqui no blog.

– Sim, eu sou o Léo Almeida.

– Não, não fui eu que fiz essa pop-up abrir com o site. Então quem não tiver gostando dela, que me forneça a juda ao invés de ficar de “mimimimi”. Vão dar meia hora de cu e não me estorvem.

  • Comentários desativados em Resuminho Resumado

Alegria Alegria

Postado em 28 de outubro de 2005

É hoje o dia de tomar umas 632 cevas e avacalhar a cena rock da cidade. É hoje o show dos Wilsos em Carazinho – RS. Primeiro show na cidade natal da banda. Será lindo =~

  • Comentários desativados em Alegria Alegria

Coelho-Lingüiça

Postado em 25 de outubro de 2005

A partir de hoje, todas as terças, é dia de Coelho-Lingüiça aqui no ¿dequejeito?. As Aventuras do Coelho Linguiça são as tirinhas mais emocionantes da história das tirinhas globais. E esta maravilhosa aventura está dando as caras aqui, e exclusivamente aqui, neste humilde site. Uma equipe de 7 roteiristas e 3 desenhistas foi contratada para passar para o papel todo ideal de uma nova era dos cartoons em tirinhas. O Coelho-Lingüiça chega para revolucionar o mercado de tirinhas, com um humor refinado e aventura constante nunca antes vista.

Então chega de lero lero e fique você aí com a 1ª tirinha das Aventuras do Coelho-Lingüiça, que já chega estourando, cheia de emoção e ação. Coisa linda deste brasilzão de meus Deus.

coelho-linguica01
Putaqueopariu. Que coisa linda.

  • Comentários desativados em Coelho-Lingüiça

Sessão II – O tratamento de canal maldito

Postado em 21 de outubro de 2005

Cacete, camarada. Hoje eu fui pra minha segunda sessão de tratamento de canal e o bagulho foi islâmico.

Já cheguei levando uma injeção muito maior do que todas as outras que eu já tinha tomado. A agulha era monstro e foi reta em três pontos da gengiva. Sim. Em três lugares diferentes, três anestesias seguidas. Quase desmaiei. Depois ainda teve raio-x e tudo mais e a Dra. Ingrid só falava “meu deus” e olhava com cara de desânimo. Parece que meus canais são muito estreitos e por isso tá difícil de tratar o dente. Mas ela disse que com mais algumas sessões tudo se normaliza.

A Dra. Ingrid corotu o cabelo. Está mais bonita.
Hoje ela conversou bastante com a assistente enquanto me tratava. Falou sobre um vestido preto de festa que estava pra vender numa loja perto dali por 120 reais. Uma barbada, segundos as duas.

A assistente até pediu permissão pra deixar o consultório um pouco e ir até a loja ver o tal vestido. Quando voltou, uns 10 mintuos depois, estava com duas sacolas.

— Comprei uma calça para caminhar e duas camisetas. – disse ela.
— Deixa eu ver
– disse a doutora, que deixou umas agulhas sinistras dentro da minha boca e saiu da sua posição de dentista para ir ver as roupas que a assistente tinha comprado.

Depois começou a tocar uma música do Tim Maia na rádio e a Dra. Ingrid cantou junto, enquanto metia aparelhos estranhos pra dentro do meu dente. Então que rolou uma coisa engraçada: Eis que na rádio começa a tocar uma canção minha. Pra ser mais exato, da minha banda. Era a “Quero encostar meu pé gelado em você” e a Dra. Ingrid até cantou a parte do tchururu junto. Me senti orgulhoso e emocionado nesse momento.

Mas a dor era maior e ao final eu recebo a notícia que precisarei voltar lá quarta-feira da próxima semana, para continuar o massacre do canal. Na saída perguntei se eu poderia ficar com as chapas de raio-x como lembrança e ela disse que não, mas daria um jeito. E sorriu. =)

Então, como hoje é sexta-feira e eu to anestesiado. A música dos Beatles será em homenagem a todo mundo que gosta de ver o Alegria Alegria aqui no site. Simbora deejay.

moskito anestesiado canta A Hard Day´s Night
(Arquivo .mp3 – 800 Kb)

Até mais, negada linda de meu Deus.

  • Comentários desativados em Sessão II – O tratamento de canal maldito

Dona Karla continua apavorando

Postado em 19 de outubro de 2005

Karla diz:
Vou colocar silicone…/

miskoto diz:
Opa. Peitão.

Karla diz:
É.

miskoto diz:
Mas não muito, por favor.

Karla diz:
Que caiba na mão, saca?

miskoto diz:
Na mão do Pedrinho, do sitio do Pica Pau Amarelo, ou na mão do Michael Jordan?

Karla diz:
Na mão de um homem adulto, moreno, alto, gentil…e RICO!

  • Comentários desativados em Dona Karla continua apavorando

Primeiro os dentes. Depois nossas casas?

Postado em 18 de outubro de 2005

Eu estava cá comigo pensando em quanto as mulheres já conquistaram direitos para si em nosso mundo. Vejam só que o meu Endodontista é fêmea.

Se fosse há uns cinco ou sete anos isso seria um abuso à sociedade. Onde já se viu, naquela época, uma mulher poder trabalhar na rua, como se fosse um macho qualquer?

É o grande show do progresso do presidente Lula.
Vejam que somente depois de sua eleição para a presidência é que as mulheres começaram a se portar de maneira diferente. Pós Lula, as mulheres começaram a almejar vagas de empregos antes disputadas somente por homens (dentistas, médicos, caixa de super-mercado, esteticista corporal, etc). E agora, o que acontecerá?

O futuro disso todos nós sabemos.
Não demorará muito e elas vão estar aí, segurando placas e exigindo direitos iguais. Queimando calcinhas e usando saias acima do joelho. Quem sabe até consigam votar ou quem sabe tirar uma licença para dirigir. Depois disso, temo pelo pior: Elas vão querer cuidar de nossas casas.

Aí então que a gente se fode.
Onde já se viu? Um Endodontista fêmea.
Aposto que ela nem tem força para arrancar um molar.

  • Comentários desativados em Primeiro os dentes. Depois nossas casas?

Esse raio-x não oferece dano nenhum?

Postado em 17 de outubro de 2005

E lá me fui pro segundo dia de tratamento de canal. Agora com um dentista novo, especialista em canal. Já chegando tive a primeira surpresa: A recepcionista era uma menina baixinha, gordinha e bem humorada, exatamente como a recepcionista do Dr. Daniel (o outro dentista). A segunda surpresa é que o meu novo dentista além de ter uma voz doce e suave também é mulher. Sabe, um dentista fêmea.

Com todos os medos do mundo fui sentando na cadeira e ela abaixou, abaixou e abaixou a mesma. Me deixando quase que de ponta-cabeça no consultório. O sangue começou a ir pro meu cérebro e eu comecei a pensar mais e, ao mesmo tempo que a Dra. Ingrid olhava, brocava e batia no meu dente, conversava com a assistente recepcionista sobre baterias de celular.

E como todos sabem, eu manjo de baterias de celular.

— Doutora. As baterias de Lítio duram mais.
— Pois é, Daniel. Mas essa da motorola não aguenta um dia.
— A motorola tem baterias fracas.
— É?
— Mas eles estão testando uma nova tecnologia.
— É?
— Baterias a base de gel. Não poluem o ar e…

Então a doutora me surpreendeu. Pegou uma injeção maior do que a do Dr. Daniel e tascou-lhe TRÊS anestesias (eu disse 3) de uma só vez, em lugares diferentes da minha boca. Ali que eu senti o que quer dizer “dor aguda”. O bagulho doeu tanto que eu cheguei a gritar e até agora tá doendo.

Depois da agulhada fulminante a doutora veio-me com uma conversa mole que não me convenceu nenhum pouco.

— Daniel, vou tirar um…
— Ahiel. (Gabriel)
— Ah. Gabriel. Vou fazer um raio-x.
— U-hu em. (tudo bem)

A Dra. Ingrid meteu um bagulho estranho na minha boca e pediu pra eu morder. Então mirou uma espécie de canhão na minha bochecha. Eu fui ficando apavorado e a doutora tentou me acalmar:

— Não se preocupa que esse raio-x não oferece dano nenhum.
— Ahhhh. (ahhhh)

Então ela e a assistente simplesmente sairam do consultório e foram pra dentro de uma salinha com porta de metal. Acho que era tipo um abrigo nuclear. E isso me deixou mais nervoso.

Depois disso um apito rolou e a luz piscou, tipo em filme quando vão eletrocutar um presidiário e a luz pisca. Eu fechei o olho pois estava com medo de ficar cego com o tal raio-x. Mas nada demais aconteceu.
Ela demorou mais um pouco e voltou dizendo que eu teria de comparecer a duas ou três sessões de canal, pois o molar tem três raizes e blablabla mimimimimi.

Depois disso eu comecei a ficar tonto. Acho que foi o efeito do tal raio-x somado à anestesia tripla. Tudo que me lembro é da doutora mexendo na minha boca com um bagulho de borracha, com equipamentos que faziam barulhos estranhos e conversando com a assistente sobre contas à pagar, lojas que vendem abajures e de um tal de Andy Garcia, que eu não sei quem é.

A Dra. Ingrid agendou o próximo massacre pra sexta-feira de manhã e quando eu tava saindo do consultório me avisou: “Não come nada nas próximas 5 horas, Daniel. Que é pro curativo secar”.

Tudo bem. Eu nem to morrendo de fome. ¬¬
Agora eu cheguei em casa, cambaleando, todo avacalhado. E pra alegria de vocês, leitores, lá vai outra cancioneta dos Beatles executada por mim, o grande cantor anestesiado.

moskito com a boca anestesiada
e o cérebro afetado pelo Raio X canta All My Loving

(700 kb – Arquivo .mp3)

E putaqueopariu, que fome do caralho.

  • Comentários desativados em Esse raio-x não oferece dano nenhum?

Bom dia

Postado em

Bom dia Brasil. Bom dia Carmen. Bom dia Ribeiro. Bom dia leitores que rezarão por mim nesta quente e chuvosa manhã carazinhense, pois logo mais no final da manhã tenho tratamento de canal por fazer.

Milton diz:
Cara, o porteiro aqui do meu trampo morreu assim.

miskoto diz:
Como?

Milton diz:
Começou com dor de dente.

miskoto diz:
Caraleo. Que legal.

Milton diz:
Legal?

miskoto diz:
Lógico, pô. O cara começou com dor de dente e acabou como porteiro. E depois tem gente por aí que diz que o governo Lula não funciona. Veja só, que lindeza a geração de empregos.

  • Comentários desativados em Bom dia

Alegria Alegria

Postado em 14 de outubro de 2005

Hoje é sexta-feira. Dia de tomá um refri (to sob efeito de remédios pro dente) e festejar pois o Cabeção voltou pra Malhação. Veeeva.

  • Comentários desativados em Alegria Alegria

O reverendo, o vig?rio, o palha?o, o joker

Postado em

soh digo soh uma coisa soh
se a principal preocupa??o da sociedade eh com os bandidos a solu??o eh bem simples: soh perguntar a eles em qual op??o eles v?o votar e votar na outra. disfa?adamente, pra eles n?o perceberem a jogada.

eu aqui do meu velho e querido banco vou votar N?O porque prefiro morrer com tiro do que facada certo

  • Comentários desativados em O reverendo, o vig?rio, o palha?o, o joker


Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.