¿dequejeito?

VI. O Paradoxo da L?mpada

Postado em 11 de abril de 2005

Muito antes de virar piada e proposto inicialmente como um desafio filos?fico, o enigma foi o t?quete do matem?tico americano Sam Loyd para o sucesso. Vendido como paradoxo insond?vel, era realizado primariamente n?o na forma cl?ssica de pergunta-resposta, mas sim proposi??o – r?plica ou, em algumas rar?ssimas ocasi?es, como em sua demonstra??o formal no Congresso Internacional de Haia, proposi??o – r?plica – tr?plica – pausa – desafio – agress?o – intervalo – intervalo – intervalo – [a combinar] – piquenique – recesso – sess?o pipoca – remordimento.

O Paradoxo da L?mpada, como todo paradoxo, n?o tem como objetivo a elabora??o de uma resposta definitiva, mas sim prop?r uma reflex?o sobre seus desencadeamentos. Sua configura??o b?sica ?:

P: Quantos an?es s?o necess?rios para trocar uma l?mpada?
R: Um milh?o, oitocentos e quarenta e quatro mil, quinhentos e caralhada.

Em sua forma original, nenhuma justificativa se fazia necess?ria. Entretanto, uma vez que atingiu os c?rculos intelectuais, logo assumiu ares de sofistica??o:

P: Quantos escapul?rios s?o necess?rios para trocar uma l?mpada?
R: Nenhum, um viking o faria.

Por?m, muito antes da inven??o da eletricidade, Leonardo da Vinci j? duelava neste terreno. Em seus manuscritos, decodificada de seu c?digo espelhado, descobriu-se a seguinte charada:

P: Quantos parentes s?o necess?rios para trocar uma l?mpada?
R: Dois: o pai e a m?e.

Acredita-se, no entanto, que isso se trata de um erro de tradu??o: Leonardo provavelmente queria dizer ‘pais’ em vez de “parentes”, e ‘dar’, ou ‘trazer’ ‘? luz’ em vez de “trocar uma l?mpada”. Entrementes, se tornou pai de filhos e filhas.

De qualquer forma, a natureza deste paradoxo reside propriamente na n?o-justifica??o de seu prop?sito. Afinal, o que acontece com a l?mpada? Como n?o ocorre qualquer esfor?o evidente de que ela seja trocada, ser? mesmo este o seu objetivo? O que ele quer dizer, ent?o? Vejamos outro exemplo:

P: Quantos escriv?os s?o necess?rios para trocar uma l?mpada?
R: Tr?s: um para girar a manivela e cinco pra lavar lou?a.

Este foi respondido por Albert Einstein, na ?poca em que ainda trabalhava no Escrit?rio de Patentes da Su??a, em Berne, e faz parte do dossi? que comprovaria que ele na verdade roubou a Teoria da Relatividade do f?sico e matem?tico franc?s Henri Poincar?.

Mais uma vez somos deixados com a pergunta: e a l?mpada?

Para estimular a discuss?o acerca do tema, proponho aqui nova proposi??o – r?plica, baseado em minha experi?ncia como escritor suplente deste blog:

P: Quantos leitores do ?dequejeito? s?o necess?rios pra trocar uma l?mpada?
R: Todos, porque nenhum tira o rabo pra comer.

  • Comentários desativados em VI. O Paradoxo da L?mpada

V

Postado em 9 de abril de 2005

OL?
  • Comentários desativados em V

IV. UPTADE: Hoje j? ? s?bado

Postado em 6 de abril de 2005

  • Comentários desativados em IV. UPTADE: Hoje j? ? s?bado

III

Postado em 4 de abril de 2005

Em terra de cego, quem tem um olho chega sorrateiramente e grita PISCINA!1!1~~ ~

  • Comentários desativados em III

II

Postado em

O guarda ia passando por uma rua pacata, quando d? de cara com dois senhores muito bem-vestidos, rolando pelo ch?o numa briga muito feia. Perto deles, um moleque choramingava, gritando:
– Papai! Papai!
O guarda separa os brig?es e pergunta:
– E ent?o, menino… Qual dos dois ? seu pai?
E o menino:
– Sei l?… ? por isso que t?o brigando

  • Comentários desativados em II

I. Ol?

Postado em

Demorei a assumir meu posto. Fiquem ? vontade para mandar suas duvidas.

Obrigado.

  • Comentários desativados em I. Ol?

Comunicado Oficial

Postado em 3 de abril de 2005

Interrompo minhas férias para dizer que o tão aguardado álbum musical do Os Wilsos, a banda oficial deste blog, acabou de sair e as canções já estão quase todas disponíveis para a audição no site da tramavirtual.

  • Comentários desativados em Comunicado Oficial

Manchetes que gostariamos de ver

Postado em 2 de abril de 2005

Boato desmentido:
Assessoria de imprensa de Daniela Cicarelli ainda nega a morte do Papa.

  • Comentários desativados em Manchetes que gostariamos de ver


Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.