¿dequejeito?

Brasil X Uruguai

Postado em 30 de março de 2005

Tem um jogador no Uruguai que se chama Regueiro.

10 minutos: Será que tem algum Metaleiro no time?

17 minutos: Segundo o Galvão, “Dida opera um milagre”. Padre Quevedo diz que tudo não passou de uma defesa.

26 minutos: Lembramos que a geração deste post é da Tv uruguaia.

35 minutos: Acessei o site da globo.com e enviei uma pergunta: “Casagrande. Você tem curso de datilografia?”

39 minutos: Aeee. Chegou o Xis-Galinha e a Sprite que eu pedi. Custou 6 reais + taxa de entrega.

46 minutos: Termina o primeiro tempo e show do intervalo vem com tudo. L? foi rep?rter entrevistar o Roberto Carlos:

— Roberto Carlos. O valor nutritivo pode ser adequado at? mesmo num sandu?che?
— L???giiico, voc? pode diminu?, cum? a?? quanteaquantidadade degudiguooooorduudura. E vegetais folhosos.

Servi?o Militar – A seguran?a do Brasil em nossas m?os.

2? tempo: Tr?s minutos e j? rolou gol do uruguai. Gol da Carla Perez.

17 minutos: O jogo t? uma merda. Troquei de canal e coloquei na Rede TV. Vera Gimenez est? no quadro “hist?ria da sua vida”. Del?cia.

23 minutos: Tem esse Canal do Boi. os carasa acabaram de leiloar um boi por 30 mil reais. Que loucura. E na Globo o Brasil fez o gol de empate.

40 minutos: Sabe essas informa??es que os rep?rteres d?o a cada parada de jogo? Exemplo: “H? exatos 6 anos o Ronaldinho perdia a virgindade”. Pois ?. Aposto que eles pegam essas coisas na internet.

47 minutos: Ergue os bra?os Hector Baldaguma coisa que eu n?o entendi. Que merda de resultado. Coloquem na Rede Tv que ainda tem tempo de ver a Vera Gimenez chorando.

  • Comentários desativados em Brasil X Uruguai

Transmissão do jogo da seleção

Postado em

Como fazia antigamente, na copa de 2002. Hoje vou fazer a transmissão do jogo Brasil X algum time com jogadores parecidos com índios. A partir das… (não sei que hora começa o jogo). Mas eu vou transmitir.

A cada lance empolgante, a cada voadeira no pescoço, a cada gafe do galvão eu estarei aqui, descrevendo tudo no exato momento do acontecimento. Será lindo e sem graça.

  • Comentários desativados em Transmissão do jogo da seleção

Quase.. Quase…

Postado em

Só faltam dois dias paras as minhas tão sonhadas férias do blog.

Como fazemos todo ano, há 7 anos, sairemos de férias no mês de abril. Mas dessa vez vai ser diferente. Ao invés de fechar o blog para balanço, vou deixar um substituto no meu lugar escrevendo loucamente enquanto eu fico de bobeira na praia.

  • Comentários desativados em Quase.. Quase…

Postado em 29 de março de 2005

Dando um tempo nos posts engraçadinhos, gostariamos de informar que um visitante aqui do blog e amigo pessoal nosso, veio a falecer devido a um acidente de carro no dia 20 deste mês. Provavelmente alguns devem lembrar dele pelo nick: Lovedson. Já escrevemos vários posts sobre ele. Talvez ele fosse um dos visitantes que mais tem posts dedicados.

Não comunicamos antes, pois sabemos que sempre rola alguém metido a engraçado pra fazer piadinha na hora errada. Agora que estamos um pouco melhor do “baque” da morte do cara, achamos que seria certo informar o povo que visita o dequejeito.

  • Comentários desativados em

FELIZ PÁSCOA

Postado em 26 de março de 2005

Desejo que neste dia, em que comemoramos o renascimento para a vida eterna, possamos renascer também em nossos corações. Que neste domingo a paz e a alegria da páscoa encontrem um lugar em vossas casas.

E depois que tudo isso já tiver acontecido, desejo que esses feiosos e aterrorizantes coelhinhos da Dolly invadam sua casa e matem sua família inteirinha. Amén.

  • Comentários desativados em FELIZ PÁSCOA

MercadoLivre

Postado em

Prezado/a Gabriel,
O anúncio Máscara do Kibe Loco (código do anúncio: 27173761) foi cancelado, pois a venda é proibida no MercadoLivre, de acordo com nossos Termos e Condições Gerais.

Produtos anunciados por brincadeira
Remover-se-á qualquer artigo que MercadoLivre considere carente de seriedade ou destinada a troca ou engano.

Lembramos que essa infração ficará registrada em seu histórico, e se você voltar a cometer infrações seremos obrigados a suspender seu cadastro temporariamente ou em definitivo. Contamos com sua ajuda para que isso não aconteça.

Atenciosamente, MercadoLivre
http://www.mercadolivre.com
Onde você compra e vende de tudo!

  • Comentários desativados em MercadoLivre

Uma vez realeza, sempre…

Postado em 24 de março de 2005

moskito diz:
Tu viu o site do cara que vai matar o coelho se não ganhar 50 mil dolares?

Chico Barney diz:
Vi. Muito boa.

moskito diz:
O cara já tem 20 mil.

Chico Barney diz:
O que um cara com um cartão de crédito não faz, né?

moskito diz:
Precisamos fazer um site desse tipo.

Chico Barney diz:
Podemos fazer um web tortura.
A cada 10 mil a gente arranca uma pata de algum bicho.

moskito diz:
Quem sabe um site onde aparece um neguinho limpando o monitor do visitante. Depois ele faz um malabares e pede R$ 1,00 no paypal.

Chico Barney diz:
ISSO!!!

moskito diz:
Massa.

Chico Barney diz:
E ai a gente arranca uma perna do coelho.

  • Comentários desativados em Uma vez realeza, sempre…

A Toca do Coelho

Postado em 23 de março de 2005

Ent?o hoje eu cheguei na faculdade (Afinal eu preciso ir para a faculdade ?s vezes. Faltei as tr?s primeiras semanas de aula) com o pensamento na cabe?a de que n?o poderia mais ter nenhuma falta em “Estudo da Embalagem” sen?o n?o alcan?o as horas de aula necess?rias para me formar, mas n?o ? que chegando l? o professor Vicente, que ? o professor mais “piadinhas de pescou pescou” do mundo estava contando piadas e convidando todo mundo para ir visitar uma feira de p?scoa numa cidade a uma hora de dist?ncia de Carazinho. E pra facilitar o professor Vicente pagaria tudo para todos os alunos que fossem.

Pra que?
Aceitei se nem consultar o professor de “Estudo da Embalagem”, do qual eu tinha aula, e fui com o Vicent?o e mais uns 20 alunos folgados como eu, num ?nibus rumo a cidade de Tapera – RS visitar a famosa (?) Toca do Coelho (Um tipo de feira com bastante chocolate).

Chegando em Tapera o Vicente entregou um ingresso da Toca do Coelho para cada aluno e l? entramos num grande gin?sio que estava superlotado de crian?as, velhos e pessoas que precisam de dinheiro e se vestem de coelho num calor de 35?C para ficar dando abra?o nas crian?as que os velhos levam.

Segundo o professor Vicente, o valor did?tico da visita ? Toca do Coelho seria observar um tipo de “Mini Mundo Coelh?stico” que existia l? no gin?sio. Era a toca do coelho propriamente dita. Entramos num labirinto com o teto min?sculo onde somente crian?as an?s poderiam se locomover e passeamos pelas v?rias ?reas da toca. Tinha o quarto do coelho, a cozinha do coelho, o banheiro do coelho, a planta??o de cenouras do coelho e tudo mais que possa existir dentro de uma casa de um coelho.


Essa ? a foto da nossa turma l? na Toca do Coelho.
Reparem bem no cara ali agachado agarrado no coelhinho amarelo.

At? que chegamos na piscina do coelho. Feita de papel pl?stico azul e com coelhinhos de b?ia “flutuando” sobre o pl?stico. Como hav?amos levado um viol?o junto, decidimos ficar sentados na beira da piscina do coelho tocando m?sicas sobre coelhos.

No entando ningu?m sabia m?sicas sobre o tema e eu dei a id?ia de tocarmos aquela m?sica que o Jota Quest fez para os coelhos. Aquela que come?a assim: “Coelho Coelho Coelho Coelho Coelho Coelho Coelho Coelho Naaa naaaaa naaaaa… O amooorrr ? o caloooorrr…”. Acho que a letra ? do Nando Reis. Depois fomos embora da casa do coelho e ficamos ali no gin?sio conferindo o show de uma banda local que estava tocando m?sicas do Legi?o Urbana.

Ent?o algu?m muito idiota (eu) teve a id?ia de come?ar a beber cerveja e ter outra id?ia: Subir no palco e tocar alguma m?sica. Como no curso de Desenho Industrial s? d? maluco, nem foi preciso pedir duas vezes para que o pov?o aceitasse a sugest?o. Ent?o eu fui l? falar com o o professor Vicente, que por sua vez falou com a organiza??o do evento, que por sua vez permitiu que n?s sub?ssemos no palco, at? porque a banda que estava l? tocando Legi?o Urbana j? estava se apresentando h? 3 horas sem parar (pois eles n?o tinham mais atra??es pro evento).

N?o deu outra.
A banda terminou aquela m?sica e a organizadora tomou o microfone do vocalista e mandou um: “Agora com voc?s uma nova apresenta??o, direto de Carazinho“. E l? fui eu e mais uns cinco neguinhos tocar a primeira coisa que viesse em mente. Subimos no palco, sentei na cadeira com o viol?o. O resto da galera dividiu um s? microfone. Estava formada a banda “moskito e seu coral encantado”.

Ent?o peguei o microfone e falei: “Primeiramente gostariamos de agradecer a banda que abriu pra n?s hoje. E tamb?m o professor Vicente que nos trouxe at? aqui para mostramos um pouco do nosso trabalho.”. Puxei um D? Maior e o coral prontamente respondeu com “Voc? ? a luz, ? raio estrela…”.

Ap?s tocarmos “Fogo e Paix?o” do Wando e sermos aplaudidos por quase duas mil pessoas presentes no local, acabamos nosso grande show de somente uma m?sica.

Ao voltar pra mesa onde est?vamos bebendo pude conferir um dos alunos que estava conosco dando uns abra?os mais sensuais num coelhinho amarelo. Me aproximei do casal e enquanto o coelhinho dava um doce para uma crian?a perguntei pro cara:

— Ae dos meo, ta se agarrando com o coelho?
— Pois ?, cara. A mina me deu altos mole.
— Como assim?
— Ah. veio pro meu lado e ficou se esfregando.
— Porra. T? fod?o hein.
— ?. Da? eu fui pra cima e comecei a apertar a bunda dela.

Tr?s segundos para reflex?o e eu continuo o di?logo:

— T?, tudo bem, cara. Mas como voc? sabe que ? uma mina ali por debaixo da roupa de coelho, hein?
— U?. Um coelho se esfregando em mim.. Claro que ? uma…
— Hum…
— Uma….
— Ah?…
— Uma…
— Pois ?, n?…

O cara se vira pro coelho amarelo, que estava brincando com a crian?ada, e pergunta:

— Vem c?. Tu ? mulher, n??

O coelho faz uma pausa. Fica de frente pro cara e tira a cabe?a de coelho de pel?cia que cobria sua face. E de dentro daquela felpuda m?scara sai um barbado de voz grossa que diz:

— Porra. Eu sou homem, mano.

  • Comentários desativados em A Toca do Coelho

Pedido de Desculpas

Postado em 22 de março de 2005

Muitos e-mails chegaram até a nossa equipe de atendimento nesta semana. A maioria era de conteúdo ofensivo e nos detonando por ter feito “piada” com as embalagens das esfihas do Habib’s, como pode ser visto alguns posts abaixo.

Ao contrário de que muitos pensaram, e ainda pensam, não temos nada contra o site KibeLoco. Apenas fizemos uma piadinha inofensiva com as tais máscaras para divertir os visitantes. Mas como alguns não tiveram a capacidade de entender isso, e partiram pra ignorância, estamos pedindo desculpas públicas ao site já citado, seus visitantes e seus camaradas.

Como também sabemos que nos dias de hoje as desculpas não prestam para nada, estamos fazendo algo mais e nos livrando das máscaras do KibeLoco que havíamos confeccionado.

Para que as máscaras não caíam em qualquer mãos, decidimos por leiloar as duas peças da dita cuja por um preço simbólico. Ajude quem precisa de dinheiro e limpe a internet de moskitos, como eu, que fazem piadinhas sem graça com o tipo de humor de outros sites.

COMPRE A MÁSCARA DO KIBELOCO NO MERCADO LIVRE

Agradeço desde já e aproveito para esclarecer que o dinheiro ganho com esta máscara será destinado ao projeto TeleVon 2005, que beneficia todos os integrantes da família Von Doscht que possuem apenas uma orelha (monorelha).

  • Comentários desativados em Pedido de Desculpas

A coluna sobre cinema voltou

Postado em 20 de março de 2005

Voltamos com nossa coluna semanal sobre cinema. Hoje não temos nenhuma comédia nem filmes do Tom Cruise. Mesmo assim irei contar aqui a história completa (inclusive o final) do filme que eu assisti neste fim de semana muito louco de verão.

Campo dos Sonhos
Fazia mó tempão que eu queria rever Campo dos Sonhos. O filme é massa e fala sobre pessoas que sonham com o futuro. Conta a história de um fazendeiro que ouve uma voz macabra. Essa voz faz com que ele destrua sua plantação de milho e construa um campo de beisebol. Então antigos jogadores já mortos coemeçam a sair do paraíso para ir jogar no campo do fazendeiro Kevin Costner. Mas as vozes na cabeça do infeliz não acabam por aí. Cada vez mais frases sem sentido e enigmas vão aparecendo na cabeça do cara, que envolve outras pessoas na trama sonhadora.

Como o idiota destruiu o milharal para construir o maldito campo, ele corre o risco de perder a fazenda para o banco, pois as dividas já estão uma coisa louca de fazer morrer até o mais mortificado morto jogador de beisebol.
No final do filme o pai do Kevin Costner volta dos mortos e bate uma bolinha com ele, e as dívidas da fazenda acabam pois o Kevin é sonhador mas não é burro, então começa a cobrar vinte pratas de cada pessoas que quer assistir um jogo com os fantasmas.

  • Comentários desativados em A coluna sobre cinema voltou


Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.