¿dequejeito?

Eu sou pureza :~

Postado em 29 de dezembro de 2004

Então eu até tentei evitar, mas hoje foi o grande dia em que dei ínicio à auto-escola. Mesmo sendo filho do gerente geral da auto-escola, não tive regalias nem facilidades. Depois de preencher vários formulários, me encaminharam para os mais variados testes onde, óbvio, me testariam de várias formas para saber se eu posso dirigir um automóvel neste brasilzão de meu Deus.

Teste de Visão
Bom, como eu sou o filho designer do gerente geral da auto-escola, esqueceram de avisar o médico que fui eu que fiz aquela plaquinha com as letras em tamanhos diferentes. Então sabia tudo de cór.

O teste começou, li as primieras linhas sem problemas. O doutor colocou um papel preto na frente do olho esquerdo (para testar a visão do olho direito) e eu continuei lendo sem maiores problemas. Ele colocou o papel na frente do outro olho e eu continuei lendo, até as linhas muito minusculas.

Então o doutor meio que sacou a minha armação e colocou o papel preto na frente dos meus dois olhos e disse um sarcástico: “Lê agora, viado”. E eu continuei “lendo”. Até o fim, mesmo sem visualizar as letras. Depois ele leu minha ficha e viu que eu sou filho do gerente geral da auto-escola e resolveu me aprovar no teste de visão. Então me enviaram para…

O Teste Psicotécnico
Não, não é o teste psicodélico. Até seria legal se servissem ácido e tocassem Ronnie Von, mas não tinha nada de psicodélico, além de mim. A psicologa entregou uma folha com uns símbolos sem sentido. E você tem que assinalar alguns deles. Bom, são uns 100 ou mais símbolos, e a doutora disse que o normal é acertar 40% deles. E eu acertei 80% porque eu sou o mega blaster foda e inteligente.

Depois ela mandou eu fazer uns desenhos. Uma casa, uma árvore e uma pessoa. Não sei pra que serve esse teste, mas acho que é pra saber se eu sei diferenciar um do outro. Por que é muito melhor eu atropelar uma árvore do que uma pessoa, né gente.

Depois de tudo, ela disse que eu fui uns dos melhores alunos que ela já testou. Que os 80% de acertos no teste deixaram ela excitada e ela tava afinzona de me dar. É claro que nem pensei duas vezes pra responder:

“Doutora, eu sou pureza. Não rola.”

E fui embora, com a aprovação nos testes e ainda cabaço.

  • Comentários desativados em Eu sou pureza :~

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.