¿dequejeito?

Cinema por quem não entende nada de cinema

Postado em 29 de novembro de 2004

Não assisti nenhum filme do Tom Cruise neste final de semana mas sim duas comédias sem graça. Mesmo assim irei contar aqui a história completa (inclusive o final) dos filmes que eu assisti neste fim de semana muito louco de verão.

Matadores de Velhinha
O Tom Hanks é um vigarista que quer assaltar um cassino. Então ele aluga o porão da casa de uma velhinha para tramar e executar o roubo com seus amigos meliantes. Só que a velha é esperta e acaba descobrindo tudo. Então exige que o Tom devolva o dinheiro para o cassino, senão vai entregar ele para a polícia. Tom decide acabar com a vida da velhinha e aí seus capangas começam a morrer um a um tentando exterminar a vida da velhota.
Até que o próprio Tom morre e o dinheiro fica guardado no porão da velha, que acha a grana e vai até a polícia avisar. O delegado Jerry Adriani da cidade não acredita na história absurda da velhinha e diz ironicamente que ela pode ficar com o dinheiro e fazer oque desejar. Então a velha pega os cinco milhões de doláres e doa para uma Universidade Bíblica. Sem graça.
Nota: 3,5

Adeus, Lenin
A tiazona sofre um infarte e fica oito meses em coma. Nesse período a Alemanha muda e o muro de Berlin cai. Quando ela acorda o médico diz que não pode sofrer fortes emoções então o seu filho se vê obrigado a inventar uma falsa realidade. Coma ajuda da irmã, a namorada gostosinha e de um amigo editor de vídeo ele cria novamente o socialismo na Alemanha e faz sua mãe acreditar em tudo.
Mas aí a mãe morre e o filme acaba. E na capinha ta escrito comédia. Só esqueceram de colocar mais de três ou quatros elementos de humor. É no máximo um filme cult metido a engraçadinho pra fazer indie rir. Mais nada.
Nota: 4,0

  • Comentários desativados em Cinema por quem não entende nada de cinema

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.