¿dequejeito?

Cinema por quem não entende nada de cinema

Postado em 24 de outubro de 2004

O final de semana foi chuvoso e demorado, logo aluguei 7 filmes para ver. Vou relesear dois deles e recomendar outros dois.

Assisti RayMan, com o Tom Cruise e o Dustin Hoffman. Excelente filme, valeo a pena ver pela 8ª vez. E o The Royal Tenenbaums que se mostrou a coisa mais foda da semana. Os primeiros minutos são até chatos, pois o diretor tem um jeito parado de filmar as cenas, mas depois você entrar na história e não consegue mais parar de ver. Muito bom. Não vou relesear os dois pois, o RayMan é antigo e não teria tanta graça contar o final, e o Tenenbaums é uma história complexa demais pra contar.

Durval Discos
A idéia é boa, gostaria que alguém tivesse chegado até mim e dito: “Faça um filme sobre um cara que vende vinil numa loja e se mete numa encrenca por causa de um sequestro”. Eu faria o filme muito melhor do que ele foi feito. Aliás, até um lagarto vesgo sem uma das patas faria um roteiro melhor do que o roteiro do Durval Discos. Venderam uma falsa idéia na capa. Quando vi aquela capinha praticamente psicodélica, pensei que fosse a versão brasileira do Alta Fidelidade. Quando assisti oque vi foi a história de um vendedor de vinil que contrata uma empregada para ajudar sua mãe. Só que a empregada é uma sequestradora que só quer o emprego para manter uma menina rica em cativeiro. A empregada morre e o Durval e sua mãe ficam com a menina. Quando descobrem que a menina é uma vitima de sequestro a mãe do Durval fica louca e mata todo mundo. Durval chama a polícia e entrega sua mãe. O filme acaba.
Detalhe especial para a cena em que um comprador entra na loja e pede um disco do Chico Buarque. O Durval, pra mostrar que entende de música, coloca sua mãe pra cantar “A Banda” pro comprador. Lamentável.

Vanilla Sky
Salve Tom Cruise, o cara mais gato do mundo. O único que é bonito ao acordar e corre mais rápido do que qualquer outro ator dos Estados Unidos. Bom, o Tom é um cara muito rico que tem tudo que quer. Ele conhece a mulher da sua vida, mas no dia seguinte ele sofre um acidente de carro e fica todo deformado. Então ele vai até uma empresa de congelamento criongênico e pede para ser congelado. Ele também compra um pacote extra que permite viver uma vida de mentira neste tempo de congelamento. Então o filme é sobre essa vida de mentira, uma vida perfeita, onde Tom não é deformado e tem o amor da menina que ama. Mas algo da errado e ele começa a sofrer uma especie de loucura, até que mata a menina que ama e é preso. Mas como tudo é um “sonho”, ele pede o suporte técnico e consegue se livrar deste pesadelo.

  • Comentários desativados em Cinema por quem não entende nada de cinema

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.