¿dequejeito?

Alucinação

Postado em 21 de novembro de 2004

Nesta noite coloquei o Alucinação do Belchior para ouvir no repeat enquanto dormia. No meio da madrugada devo ter me virado na cama e acabei dormindo em cima do meu braço esquerdo. Então claro que ele ficou dormente. Muito dormente.

Ainda dormindo, devo ter me virado novamente e meu braço dormente esquerdo voou até que a mão caísse sobre meu rosto. Nessa hora acordei e estava tudo na completa escuridão.

Só sentia aquela mão no meu rosto.
Como todo meu braço estava dormente, eu não sentia o braço no rosto, mas meu rosto sentia um braço. Logo me apavorei e sem me mexer comecei a imaginar que alguém estava comigo na cama. Era a única explicação possível para que uma mão estivesse na minha cara.

Seria ela bonita? Feia? Gorda? magra? vesga? Não sei… E se fosse um homem? Com a mão direita comecei a tatear aquela estranha mão que estava em cima de mim. Porra, era uma mão grande, podia ser mão de homem. Comecei a ficar com mais e mais medo até que três horas depois o sol entrou pela janela e eu vi aquela coisa horrível.

Meu braço completamente roxo e todo amassado.
E eu apaixonado por ele. =(

  • Comentários desativados em Alucinação

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.