¿dequejeito?

108096128961259326

Postado em 3 de abril de 2004

Gabriel Von Doscht – Um menino ocupado
Ultimamente tá foda. Só gostaria de dividir com vocês meus pequenos afazeres atuais.

1- Trabalhos de Free Lancer
No momento estou construindo dois sites e fazendo o projeto visual de cursos oferecidos pela faculdade. Todos com prazos estourados. Também estou trabalhando junto, com o meu amigo Atoshman, na criação, composição, melodização e gravação de um jingle de campanha política.

2- Projetos do blog
Vários projetos paralelos andam junto com o blog e eu de certa forma tenho que estar atento em tudo. Temos um canal de mIRC, um fórum, um fã-clube, um novo layout sendo montado.

3- Projetos paralelos
São 4 bandas em trabalho constante, gravando, cantando e compondo todo o dia. A administração do blog Nascido para Comentar é deveras trabalhosa e não posso marcar bobeira. Terminar de gravar a música “João” e gravar algo do Felipe Dylon.

4- Empreendimentos profissionais
Estou montando uma empresa de assessoria em São Paulo.

5- Ser engraçado
Tenho que escrever textos engraçado diarimente, evacuando meu cérebro para fora da minha cabeçona.

6- Ganhar dinheiro
Logo mais, ainda neste mês quero colocar no ar a página de camisetas do dequejeito. Preciso ganhar alguma grana com isso, senão não vou ter mais como pagar o servidor e o domínio. tenho que fazer estampas, catar panos, pesquisar preços e gastar dinheiro. Ainda bem que nisto tem uma pessoa fodona me ajudando.

7- Fazer trabalhos para a faculdade.
Que são muitos e complicados ao extremo. Provavelmente me de mal em algumas matérias neste semestre.

Então é isso.
Se eu desaparecer vocês já sabem que é porque eu to ocupado. Se eu ficar chato vocês já sabem que é porque eu to estressado. Se eu virar mulher vocês já sabem que eu sempre fui chegado em desmunhecar mesmo. Obrigado.

  • Comentários desativados em 108096128961259326

Este é o blog de Gabriel Von Doscht, um rico empresário que largou tudo para se dedicar ao seu verdadeiro dom: fazer pulseirinhas.

Arquivos

Coisas do tempo em que o autor não sabia escrever.